Josué Dutra

Indaiatuba

Todas as composições postadas nesse perfil, tem os direitos reservados a Josué Dutra.
Sendo assim, qualquer que copiar, gravar, vender ou coisa parecida sem a permissão do autor, estará sujeito a medidas judiciais.

O Vale

Autor(es): Josué Dutra

LETRA:

Não foi cenário de cinema que aconteceu, Não foi diretor de Hollywood que isto escreveu.                   A visão Parece até filme , terror,  ficção,  Ezequiel, O Vale,  Ossos espalhados ao chão!                          Imagina se essa visão fosse para você? Falo de mim se fosse eu,  eu iria tremer ! Mais foi Deus mostrando pra Ezequiel que a situação,  Pode parecer ser o fim,  mais Deus tem solução!              Ezequiel,  O Vale,  ossos espalhados ao chão,  surge uma voz suave deixando uma questão:  Filho do homem , acaso,  Pode esses ossos viver? Senhor , tu sabes,  em tuas mãos está todo poder!  Então profetiza em cima dessa situação,  diz para os ossos que Eu vou colocar nervo e tendão,  farei crescer carne , e de pele , Eu vos cobrirei, farei o fôlego entrar em vós,  e assim vivereis! 

Se fosse filme era baseado em fatos reais,  teriam que gastar milhões em efeitos especiais!    Ezequiel, O Vale, ossos, uma voz suave,  obedecendo a voz, Ezequiel viu o milagre !

O Vale , padecia até um campo magnético,  era ossos do outro lado indo pra o lugar certo.  Depois dos ossos todos juntos,  esqueletos formados, foi hora de nervo e tendão obedecer o chamado! Depois foi a carne crescendo e a pele cobrindo,  foram formados vários corpos mais ninguém sorrindo! A voz suave ordena para Ezequiel falar: Ó quatro ventos sopra vida faz eles andar !

Quando no céu, Eu encontrar,  com Ezequiel,  vou perguntar: Qual foi a sensação de estar em meio aos ossos secos , e com ordem do general fazer todos marchar !?

Ezequiel naquela hora se tornou Tenente,  tinha um exército marchando ali na sua frente.  O vale que era cemitério se torna Quartel! Recebendo ordem do Grande General do Céu! 

Tem momentos na nossas vidas que quer nós parar , mas quem tem fé,  faz o oposto, começa a marchar. Podem me tachar como louco , não estou nem ai!  Estou de pé,  esperando Pelo que Há de vir!

Visualizações: 1970

COMPRAR ESSA MÚSICA

COMPARTILHAR NO FACEBOOK

Comentários