Josué Dutra

Indaiatuba

Todas as composições postadas nesse perfil, tem os direitos reservados a Josué Dutra.
Sendo assim, qualquer que copiar, gravar, vender ou coisa parecida sem a permissão do autor, estará sujeito a medidas judiciais.

Jesus VS morte

Autor(es): Josué Dutra

LETRA:

Quero contar pra vocês, da disputa tão terrível,  Jesus já mostrou que é superior ao inimigo! A morte por sua vez , quis com Jesus medir força. Sou morte , escuridão,  pra vida eu sou a forca! Jesus na sua calmaria,  seguindo o curso da vida , a morte entrou em cena com passagem só de ida !  Era uma mulher chorando,  indo enterrar seu filho , Jesus veio de encontro,  e a morte já festejando,  Jesus se compadeceu ao ver a mulher chorando!                                   Para tudo e ouça isso , deixa a morte festejar,  Sou Jesus , chego a tempo , Eu não costumo atrasar : Não chores ! Foi as palavras,  depois no esquife tocou,  a morte levou um fora e o menino levantou!                                                             01 à 0 pra Jesus,  na disputa versos morte , mais ela não se conforma , acha que Jesua tem sorte.  Preparou enfermidade,  pra matar uma criança,  era a filha de Jairo,  vida cheia de esperança!                                                              Jesus outra vez driblou,  e a morte na impolgação,  dessa vez Ele não vem , pode fechar o caixão!                                    Jesus chega abrindo espaço,  só fica quem Eu quiser ; Talita Cumi! Foi a frase e a menina pois-se em pés!               2 à 0 pra Jesus , está virando goleada,  mais a morte não desiste , acha que vai ter virada ! Dessa vez foi diferente,  já teve até velório, o morto está fedendo , a morte subiu no pódio!   Se passaram 4 dias , disseram Marta e Maria : Se o Senhor estivesse aqui , o nosso irmão não morreria!          Eu imagino Jesus , observando a morte, dizendo: Matei a Lázaro e vou fazer desordem ! Vou ferir duas irmãs no mundo espiritual,  depois vais ficar facinho,  o bem vai perder pra o mal ! Mais Jesus olha pra o céu,  agradecendo à Deus,  manda retirar a pedra e fala pra o amigo seu : Lázaro, vem para fora ! Aqui fora tem plateia,  que vai aplaudir de pé,  O Homem da Galileia!                                       Lázaro se apresentou,  talvez se espreguiçando,  ninguém sabe na verdade,  se foi andando ou pulando !                         A morte desceu do pódio,  outra vez envergonhada,  Jesus com sua humildade,  continuou sua jornada , mais o grande espetáculo,  foi guardado para o gólgota,  a morte se preparou para fazer uma vira volta !                                      Dessa vez não foi um moço,  nem tão pouco uma criança,  a morte escolheu Ele , O Mestre , nossa esperança!               Preparou todo cenário,  para matar meu Jesus , humilhado e surrado , antes de morrer na cruz !                      Deus seu último suspiro,  o céu se escureceu , com sinal de reverência,  a terra toda tremeu!                                            A morte comemorando ; Dessa vez eu consegui,  O Homem que traz a vida já não está mais aqui !                       Talvez ela não sabia , ou quem sabe se esqueceu , que o Mestre é Fonte da vida , O Santo , O Filho de Deus !                A morte só cooperou,  para o plano executar , pois Jesus veio a terra pra libertar e salvar !                                                 E foi no terceiro dia , que a morte se esperneou, e pra nossa alegria O Mestre ressuscitou!           E a igreja  se tornou,  a torcida organizada,  prega que Ele é cura , salvação pra nossas almas , Ele é o libertador, Juiz , Mestre e Doutor,  O Verbo que se fez carne,  Rei da Glória,  Bom Pastor !  E a igreja se põe de pés,  dizendo que Ele é,  O Eu Sou , O Salvador,  O Jesus de Nazaré!

Ele continua aqui, mostrando que Ele é Rei , a morte só entra em cena , se o Rei assinar a carta , escrito : Eu decretei!

Visualizações: 37

COMPRAR ESSA MÚSICA

COMPARTILHAR NO FACEBOOK

Comentários